Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons by-sa 3.0. Rua_Juventude Anticapitalista, exceto quando proveniente de outras fontes ou onde especificado o contrário. 

Seminário Misto sobre desconstrução do Machismo de todo dia - RUA RJ

25.9.2015

 

 

 No fim de semana passado, cerca de 60 pessoas se encontraram e compartilharam experiências e vivências no Seminário sobre Desconstrução do Machismo no Cotidiano do RUA RJ.


 O patriarcado e o sistema de classes estão interligados e o primeiro é muitas vezes utilizado para legitimar as desigualdades econômicas do segundo. 


 Temos que combater de maneira consciente a ideologia patriarcal, seus valores, costumes, etc. Para isso nos propusemos nesses dois dias a discutir os aspectos da opressão que têm a ver com o chamado “privado” (sexualidade, subjetividade, relações amorosas e familiares etc.), que têm sido deixados à margem da política mas que são tão importantes nesse processo de superação.


 Abordamos temas como consentimento, solidão da mulher negra, padrão de beleza, hipersexualização e relações pessoais, pois acreditamos que a desconstrução do machismo e outros privilégios deve ser luta do dia-a-dia de todes. 


  A busca por novos homens e mulheres é esta: uma busca, um processo. Superar algo tão estabelecido é difícil e não pode ser feito individualmente, sabemos que a libertação total das pessoas não têm chance no sistema capitalista, mas precisamos reconhecer a necessidade de lutar por mudanças hoje.


  Nosso compromisso é lutar por uma mudança societária, hoje, com todas as contradições e tudo de desolador que esse processo pode gerar. A responsabilidade de trazer mais mulheres, de enegrecer e deixar mais pintoso o coletivo é de todas as pessoas, mas a gente sabe que é necessário o protagonismo desses sujeitos para estas questões estarem sempre presentes. A formação é necessária para superarmos práticas opressoras cotidianas, para nos transformarmos e transformarmos o mundo.


 O convívio e atividades durante esses dois dias reafirmaram nossa confiança na potencialidade do RUA e a certeza de que realizar essa mudança é não só possível, mas necessário!

 

 

“Como diz o povo: na mudança de lua
A lua nova segura a lua velha
Uma noite inteira nos braços.
A hesitação dos receosos
Anuncia o novo tempo. Sempre
Determinem o Já e o Ainda!
As lutas de classes
As lutas entre o Velho e o Novo
Ocorrem também dentro de cada um”
Bertold Brecht

 

 

 

Please reload

Please reload