Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons by-sa 3.0. Rua_Juventude Anticapitalista, exceto quando proveniente de outras fontes ou onde especificado o contrário. 

Vem com a Oposição de Esquerda pro 54º Congresso da UNE!

9.4.2015

 
Vem aí o 54º Congresso da União Nacional dos/as Estudantes! #VemComaOposiçãodeEsquerda

De 3 a 7 de junho acontece o maior fórum do movimento estudantil da América Latina: o 54º CONUNE.

Os/as estudantes brasileiros/as sempre estiveram mobilizados pelos seus direitos e por um país melhor, desde a luta pela abolição da escravidão até as grandes jornadas de junho de 2013, em que a maior parte da juventude indignada saiu às ruas reivindicando um leque amplo de pautas, fortalecendo e incentivando mais mobilizações em todo o Brasil. A luta dos/das trabalhadores/as também ganhou às ruas com diversas greves nos anos de 2014 e 2015. 

Dentro dessa conjuntura tivemos a apertada vitória de Dilma para seu segundo governo. Logo no início do mandato a presidenta anunciou o lema do novo governo: “Pátria Educadora”. Porém, o que vimos nas Universidades é uma realidade completamente diferente. Mesmo diante de todas as mobilizações por mais direitos, a "Pátria Educadora" cortou 7 bilhões da educação. O resultado dessa ação foi desastroso: terceirizados/as com salários atrasados; bolsas de permanência estudantil atrasadas na UFRJ e UFCG; inicio das aulas com bandejão fechado na UFRGS; situações extremas, como na UFMG, que não tinha dinheiro para pagar a conta de luz; entre outros tantos problemas em diversas instituições. 

Nas Universidades Privadas, a situação é ainda mais complicada, o governo prejudicou os estudantes usuários do FIES ao não renovar seus contratos, muitos tiveram que trancar o curso ou fazer empréstimos com Bancos a juros altíssimos. O governo alegou que estava impedindo que as universidades aumentassem as mensalidades acima da inflação, discurso propagandeado pela majoritária da UNE, só esqueceram que os estudantes seriam os mais prejudicados. Com isso, perguntamos: cadê a Pátria Educadora?

Diante de todo o caos vivido pelos estudantes brasileiros, mais uma vez a majoritária da UNE se calou diante do Governo Federal, nenhuma luta contra os cortes, nenhuma luta em defesa dos estudantes do FIES, até mesmo usar a palavra corte foi proibido para eles. Somente ir protocolar ofícios e fazer reunião com o governo nunca resolveu os problemas dos estudantes. Essas ações só funcionam se tiver pressão, e isso se faz com luta, nas ocupações, passeatas, etc. É por isso que no último dia 26 de Março, a Oposição de Esquerda, com outros coletivos, organizou centenas de mobilizações em defesa da educação. Milhares de estudantes tomaram as universidades, escolas, bandejões, salas de aula, e, principalmente as ruas contra os cortes na educação.

Não nos calaremos frente ao imobilismo e apatia do setor majoritário da UNE (UJS/PCdoB e PT), frente aos cortes do Governo Federal que atacam, sobretudo, a juventude e os/as trabalhadores. Os/as estudantes não podem pagar pela crise! Nesse cenário de luta no Brasil, por mais direitos e contra os retrocessos, acontecerá o 54º Congresso da UNE. Convidamos você, para junto com a Oposição de Esquerda lutar por uma UNE diferente: viva, combativa e autônoma aos Governos. Uma UNE que não coloque os/as estudantes na rua apenas quando for conveniente ao governo, mas que seja de fato combativa: pressione o governo por uma educação de qualidade e socialmente referenciada; contra os ataques a educação em todo o país; enfrente os ricos, exija a auditoria e o fim do pagamento da dívida pública; taxação das grandes fortunas; punição para os corruptos e corruptores; e respeito ao povo brasileiro. 

Não se cale, vem com a Oposição de Esquerda construir um movimento e uma UNE diferente!

Procure a Oposição de Esquerda da UNE na sua Universidade!

 

 

 

Please reload

Please reload