Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons by-sa 3.0. Rua_Juventude Anticapitalista, exceto quando proveniente de outras fontes ou onde especificado o contrário. 

Na RUA em defesa da educação!

Movimento Estudantil

Universitário

A educação é parte importante da nossa formação enquanto sujeitos, além de ser um elemento presente no processo de produção e reprodução de valores. Por estar necessariamente presente na dinâmica da sociedade, o projeto educacional vigente corresponde ao seu funcionamento, sendo hoje pautado pelos interesses do mercado e do lucro.

 

Segundo esses interesses, a educação é voltada primordialmente para a formação de mão de obra, conforme pede a engrenagem capitalista. Dessa forma, nos deparamos com um sistema educacional que não é voltado para o desenvolvimento e emancipação humanos, mas para perpetuar o status quo da maneira como ele é. Dessa forma, Com isso, xs que são oprimidxs e exploradxs na sociedade também encontram diferentes injustiças e amarras na esfera educacional.  

           

Nas escolas e universidades, isso se reflete no conteúdo curricular, nas estruturas de poder antidemocráticas, nas ineficientes políticas de acesso e permanência estudantil, nos modelos de segurança universitária. De diversas maneiras, as universidades reproduzem a lógica mercantil e mantêm e reforçam um sistema de desigualdade, no qual se inserem o machismo, o racismo e a LGBTfobia.  

 

Assim sendo, na luta por uma sociedade igualitária e libertária, torna-se central a disputa por um outro projeto educacional, e na luta por um outro modelo torna-se central o princípio de combate a toda forma de opressão e exploração.

 

Para nós, a educação deve ser crítica e libertadora, voltada para a transformação radical da sociedade e para a emancipação coletiva de todxs xs sujeitxs. Isso só será possível com a auto-organização de todos os setores oprimidos na busca por suas demandas e a ocupação dos espaços políticos e de decisão por todxs. 

 

Por isso atuamos no Movimento Estudantil Universitário realizando trabalho de base em universidades públicas, privadas e nos Institutos de Educação e Institutos Federais de Ensino, atuando nos Centros Acadêmicos, DCEs e construindo a Oposição de Esquerda da UNE e no Movimento Estudantil Secundarista, em escolas municipais, estaduais, técnicas e particulares, construindo Gremios Livres e lutando por uma educação pública, laica, popular e de qualidade, de defender direitos de jovens e adolescentes no ensino básico e na cidade!

Movimento

Estudantil

Secundarista

Nós, secundaristas do Coletivo RUA - Juventude Anticapitalista, defendemos uma educação diferente da que nos é oferecida hoje.


Queremos uma educação que nos faça pensar criticamente, e não que nos torne mão de obra barata! Somos contra provas meritocráticas de avaliação, pois não levam em conta todas as condições sociais e contextos dxs estudantes e suas escolas. Além de gerarem uma lógica de competição entre os mesmos, já que são usadas para determinar o investimento de verbas nas escolas ou na VALORIZAÇÃO DXS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO. Nesta lógica, transforma os problemas em uma questão de números, e para melhorar os resultados o governo vem fechando escolas, mas a solução não é esta.


Para nós, para que a educação seja de qualidade e para todos, é preciso MAIS INVESTIMENTO IMEDIATO do poder público. O novo Plano Nacional de Educação destinará 10% do PIB para a educação só em 10 anos. Queremos mais do que isso: 10% DO PIB para a educação pública já! Com monopólio do PRÉ-SAL, que deve ser destinado à educação e saúde!


Assim como o investimento nas escolas, lutamos por UNIVERSIDADES PÚBLICAS GRATUITAS E PARA TODXS, hoje em dia, são poucos os alunos da rede pública que conseguem furar a peneira do vestibular e ingressar em uma universidade.

"Nas ruas, nas praças, quem disse que sumiu?  

Aqui está presente o movimento estudantil!"